O Altcore agora é Intermídias!

O Altcore agora é Intermídias!
O Altcore deu lugar a um novo blog, confira. O Intermídias é um espaço para se perceber, analisar e discutir as mudanças que as inovações tecnológicas, e os próprios os meios digitais, trazem à comunicação – em especial à prática publicitária.

Análise de distribuições Linux em vídeo!

"Qual é a melhor distribuição do Linux"

Essa é uma pergunta que sai da boca de muitas e muitas pessoas quando eles se deparam com o mundo das distribuições Linux. Hoje em dia elas são várias e cada um delas é caracterizada por funções e propósitos específicos que justificam seu uso. Mas, francamente, uma resposta com essa não ajuda em nada os novatos que estão a testar várias distros, sempre em dúvida de qual escolher.

Com o intuito de informar esses newbies e, pelo menos, facilitar sua decisão, o portal Olhar Digital, publicou hoje uma breve, porém muito interessante, análise sobre algumas distribuições Linux em forma de vídeo e com linguagem simples e muito agradável.

As seis distribuições escolhidas para a análise foram o Fedora, OpenSuse, Mandriva, Kurumin, Debian e Ubuntu. Então se você quer saber um pouco sobre o Linux e algumas de suas versões mais usadas pelos brasileiros, assista ao vídeo Distribuições Linux.

Referências: Distribuições Linux e Olhar Digital analisa 6 distribuições Linux.

2 comentários:

Pedro Costa Neves disse...

hmm, das distros ai só me dei bem com ubuntu e debian, dessas que eles fizeram os videos, o resto sempre acontecia coisa ruim ;(( tipo crash kernel panic e coisas do tipo.
eu aconselho sempre pros newbies a usar ubuntu no começo e ir testando outras depois ^^ antes aconselhava o kurumin mais né, ubuntu 10 a 0 no kurumin RERE 8D

Ian Castro disse...

Bem, eu ainda sou newbie e eu usava o Ubuntu, até ter problemas com o ACPI na versão Hardy Heron - problemas aliás que estão me chateando bastante.

Eu não testei todas estas distros, mas, das que eu testei, recomendo o Ubuntu (sem bug de ACPI, de preferência) e o Mandriva, que é um sistema muito versátil também, inclusive pelo reconhecimento fácil de hardware - para mim o ponto fraco dele é só o KDE, que trava "do nada" algumas vezes.