O Altcore agora é Intermídias!

O Altcore agora é Intermídias!
O Altcore deu lugar a um novo blog, confira. O Intermídias é um espaço para se perceber, analisar e discutir as mudanças que as inovações tecnológicas, e os próprios os meios digitais, trazem à comunicação – em especial à prática publicitária.

O que uma interface gráfica não faz...

Essa notícia é, em especial, para aqueles que não gostam do Windows mas que não conseguem se livrar dele - uma situação muito familiar para este que vos fala. Talvez nossa situação melhore meus amigos...um pouco...

Nos últimos dias sugiram especulações interessantes; segundo elas, um dos designers mais conceituados da Adobe, Mark Hamburg, irá deixar de lado seus trabalhos costumeiros com o Photoshop e o primogênito Lightroom para empenhar-se no desenvolvimento de uma nova (e melhorada) interface gráfica para o nosso (velho conhecido) Windows.No que se trata de Graphics User Interfaces (GUIs), Hamburg tem seu talento no design mais que clássico do Photoshop e no Photoshop Lightroom, que explora um conceito totalmente diferente de seu "pai", sem inúmeros menus ou botões "escondidos" e sim com tudo a disposição na tela para agilizar o trabalho do seu usuário - na verdade, o caminho que a Microsoft vem trilhando é oposto a este, com uma tentativa (frustrada) de mudar o visual de seus programas mais características a partir de uma interface chamada “Ribbon”, no Office 2007. Mark agora decidiu transportar toda essa experiência em interfaces para um ramo diferenciado do que vinha antes trabalhando. Diz ele que a oportunidade só veio a calhar, levando em conta que ele considera sua "atual experiência com o Windows muito irritante" mas tem que lidar com ele - somos muitos hein?

Bem, sendo bastante otimista, talvez estejamos olhando para o início de uma nova fase para o Windows - sem piadas infames, mas o primeiro passo talvez fosse apagar o Vista. Dar um nova roupagem ao sistema, talvez uma tão interessante quando a do Lightroom, é um começo. É óbvio que uma interface gráfica mais interessante não corrige os (muitos) bugs e complicações do sistema mas, pelo menos, nos faz esquecer deles temporariamente. A verdade é que eu fico, no mínimo, curioso para saber quais serão os conceitos empregados por Mark no Windows. Será que ele conseguirá deixar o Windows, ao menos, simpático?

Referências: Guru da Adobe vai para a Microsoft trabalhar na interface do Windows.

2 comentários:

Pedro Costa Neves disse...

hmmm, no trabalho eu uso windows, e também não sou fã do visual dele, aqui é XP, mais já usei o vista e nao gostei, muito feio.
poderia ter um visual mais style que nem esse lightroom que eu não conhecia, mais e aquele windows que ia pros OLPC? que o bootscreen era em ASCII não falaram mais nada dele?
aé te mandei um email você recebeu? ^^
abraços ^^

Ian Castro disse...

Tomara que Mark dê um jeito nisso porque o Windows já não é o supra-sumo dos SOs e quando você compara a "cara" dele com a do Mac OS X até dói. Hehehehehe

Cara, só fui olhar agora.
Eu não uso mto meu e-mail hotmail, geralmente só chega SPAM...substitua o @hotmail.com para @gmail.com daquele endereço que aí você terá um e-mail que eu responderei quase que instantaneamente!
Mas já vi, vou providenciar isso, e agradeço muito pela atenção!

Abraços!